Artigos

 

Janeiro2015

Outubro2014

Agosto2014

Abril2014

Janeiro2014

Dezembro2013

Outubro2013

Setembro2013

Julho2013

Junho2013

Maio2013

Abril2013

Março2013

Fevereiro2013

Janeiro2013

Dezembro2012

Novembro2012

Outubro2012

Agosto2012

Julho2012

Junho2012

Maio2012

Abril2012

Março2012

Fevereiro2012

Janeiro2012

Dezembro2011

Novembro2011

Outubro2011

Setembro2011

Agosto2011

Julho2011

Junho2011

Maio2011

Abril2011

Março2011

Fevereiro2011

Janeiro2011

Dezembro2010

Novembro2010

Outubro2010

Setembro2010

Agosto2010

Julho2010

Dezembro2009

 

02.12.11 - 09:47 . VW Cross Coupé vem com três motores

Crosscoupe

A VW entrou na onda dos SUVs cupês, moda lançada pela BMW com o exótico X6. O primeiro estudo da marca na nova área é o conceito Cross Coupé, que estreou nesta quarta-feira (30) no Salão de Tóquio, no Japão. Ainda sem data para ser lançado, o modelo ao menos já nasceu equipado com um novo sistema híbrido.

O protótipo conta com três motores, um bloco TSI (turbocompressor com injeção direta de gasolina) de 150 cv e mais dois elétricos que atuam de maneira separada. O primeiro vai no eixo frontal e gera 54 cv, enquanto o segundo, na traseira, desenvolve mais 115 cv.

Essa configuração, segundo a explicação da marca, permite ao híbrido rodar de três maneiras distintas. Há a opção de utilizar somente o motor a gasolina, que traciona apenas as rodas dianteiras. Se for necessária tração integral, entra em ação o motor elétrico do eixo traseiro. Por fim, ainda é possível conduzir o protótipo somente por eletricidade (com tração 4x4), o que limita sua autonomia a 40 km. Já o consumo do motor a combustão fica na casa dos 37 km por litro.

De tanque cheio e baterias de íon lítio com carga total, a Volkswagen afirma que o Cross Coupé pode encarar uma viagem de até 855 km sem paradas. A recarga do sistema elétrico é tão fácil quanto parar no posto e encher o tanque de gasolina. Basta ligar o veículo em alguma tomada de 230V e esperar (a marca não diz quanto). Tem também a ajuda dos freios regenerativos, que transforma a energia cinética das frenagens em mais eletricidade para a bateria.

Apesar da motorização “comportada”, o veículo também esboça alguns lampejos de esportividade. De acordo com a montadora, o conceito acelera do 0 aos 100 km/h em 7 segundos e atinge 201 km/h de velocidade máxima, limitada eletronicamente.

Nas fotos, o Cross Coupé aparenta ser um jipão de grande porte, como um Touareg ou a picape Amarok, mas é só pose. O design “musculoso” passa essa impressão, pois o carro é mais largo do que o usual na indústria: 1,86 metro de largura. Já o comprimento fica em 4,34 m e a altura em 1,52 m, posicionando o conceito, em tamanho, entre o Golf e Tiguan. Ele ainda carrega os detalhes da identidade visual da VW, com a grade cromada e os faróis com LEDs.

Por ser um carro do "futuro", a cabine tem tudo que um automóvel de luxo atual possui, mas desenhado para transmitir mais modernidade. O painel de instrumentos é todo digital, o que também o faz ficar muito colorido, enquanto ao lado há uma tela onde o motorista acessa as demais funções do veículo, como o computador de bordo, GPS e, no caso deste carro, o modo de operação do sistema de propulsão híbrida.

Fonte: IG Carros

Iron Blindados


  • R. Joaquim Manoel Macedo, 92 A
  • (11) 3392-3747

01136-010 - Barra funda

Iron Blindados


  • R. Joaquim Manoel Macedo, 92 A
  • (11) 3392-3747

01136-010 - Barra funda